Fisioterapia Pós-Parto

 

Todas as mulheres, logo após o parto, deveriam ser acompanhadas pelo fisioterapeuta, objetivando uma melhor recuperação, independente do tipo de parto realizado.

 

Principais alterações que podem ocorrer nesse período:

Dor no local da incisão (cesárea, episiotomia ou laceração), edema, incontinência urinária, diástase abdominal.

Objetivos da Fisioterapia no pós-parto:

Pós-Parto inicial: reduzir edema, reduzir dor e prevenir aderências, trabalhar músculos do assoalho pélvico.

Pós-Parto Tardio: avaliar existência de diástase do reto abdominal, aumentar a força e restaurar o tônus muscular, desenvolver força nos membros superiores para os cuidados com o bebê.

Recursos utilizados:

Eletroterapia para alívio da dor, exercícios abdominais suaves com suporte da incisão, exercícios hipopressivos, mobilização da cicatriz, orientação postural, conscientização corporal, fortalecimento do assoalho pélvico, exercício físico (alongamento, fortalecimento), massagem relaxante, drenagem linfática.

Quem pode fazer:

– Pós Parto (cesárea ou parto normal).

Quando iniciar:

– Quando achar necessário realizar cuidados com o corpo;

– Presença de edema/inchaço;

– Se ocorrer presença de dor/ alterações musculoesqueléticas;

– Perda urinária.

– Em casos de indicação médica.

 

 

 

 

TAMBÉM REALIZAMOS ATENDIMENTO DOMICILIAR

Importante: É necessário realizar avaliação antes de iniciar o tratamento.